REFLETINDO...

"A provisão de Deus é suficiente para evitarmos o fracasso"

Pr. Severino Pedro da Silva

25 de maio de 2018

CANAÃ, O PLANO DE DEUS PARA HOJE


 Por Isaac Moura

Josué, um dos principais personagens do êxodo de Israel do Egito para Canaã, é um nome forte nas escrituras. Seu nome significa “o Senhor é Salvação”. Ele foi contemporâneo dos escravos no Egito, seus olhos contemplaram todos os detalhes do fim da opressão e o séquito de Deus em honra ao povo que escolhera como seu representante na terra. Esse homem viu a manifestação do Deus de Israel a olho nu.


Sua vida foi cheia de experiências profundas, desde o medo e a falta de esperança até o triunfo houveram milhares de lutas internas e externas que jamais teria suportado sem a presença e a mão de Deus sobre si. As marcas de suas experiências foram determinantes no processo de fixação da sua liderança frente ao povo de Deus na conquista de Canaã. 


Entre suas experiências estava o testemunho das dez pragas que o Todo Poderoso enviou como prova da sua existência e da sua glória diferenciada no mundo e sustentador de todas as coisas. Testemunhou ainda quando, durante o dia quando o sol subia ao extremo sua temperatura no deserto e uma nuvem refrescante se punha sobre o espaço das cabeças e pés de cada israelita; e no melhor das invenções, ou uso do que tinha nas mãos de que quando a noite caía e o frio regredia o calor do dia ao zero grau via uma coluna de fogo que além de iluminar aquecia o arraial por inteiro. Pelo amor de Deus por ele, os movimentos do planeta pararam por um período de 24h (Js 10.12,13), você já imaginou o que pode Deus fazer por você?


Quando a viagem ia tudo bem – surgiu o Mar Vermelho! Ali viu o desespero de seus compatriotas ao ver as águas e atrás vindo um exército em fúria, mas ao mesmo tempo em que via o mar e o exército via Deus presente. Será que neste momento você está vendo Deus? O que sentiu Josué quando seus olhos viram as cenas da destruição dos inimigos de Deus e seus corpos na praia? Que letra foi aquela que a congregação cantou? Certamente seu entendimento se alicerçou que tudo era uma manifestação de Deus – o Criador havia se determinado na defesa de seu povo (Ex 14.18). 


Ainda antes da partida viu a mais graciosas das cenas – a primeira páscoa. Ali conheceu o Cordeiro, a figura do Cristo com seu poder de preservar a vida. Para escapar da morte (Rm 6.23), cada família carecia de um cordeiro (Ex 12.3). A casa que tem marca de sangue, tem vida. Não importa o tamanho da família, nem o tamanho do cordeiro, o que vale é a marca do sangue (Ex 12.7). Essas foram algumas das experiências positivas, no entanto, a vida reservou outras que nenhum tipo de açúcar poderia adoçar.


Depois de 40 anos acreditando que veria a Terra Prometida, enfrentou a maior desilusão da vida – a morte da sua âncora na terra – Moisés. Além da morte do seu líder ainda precisou administrar o desgosto do povo em não poder velar o corpo do seu líder, pois o mesmo foi sepultado no deserto por Deus em lugar desconhecido (Dt 34.6). Depois do acalento, juntou ao povo e descansou, sentaram e ficaram vendo o horizonte passar sem destino.


Nesse momento, Deus fala. A fala de Deus é para levantar-se (Js 1.2). Em que ponto do caminho você está? Josué e o povo estavam no fim do deserto defronte do Rio Jordão a um passo de fé para atravessar e chegar em Canaã. Mas o que representa o fim do deserto, o Rio Jordão e a Canaã? O fim do deserto representa o entendimento de Cristo e a vinda para os seus braços, é aceita-lo como Senhor e Salvador. O Rio Jordão representa as muitas lutas que temos mesmo estando com Cristo (Jo 16.33). A Canaã, ao contrário do que muitos pregam, não representa o céu mas a vida cristã vitoriosa.


Vida cristã vitoriosa não significa uma vida cheia de bens ou de posição. Vida cristã vitoriosa representa viver espiritualmente com vigor ao ponto de superar os desafios e vencer os inimigos um a um sem desanimar da presença de Deus na vida. São muitos os que acreditam em Cristo, o aceitam mas vivem sem comunhão íntima com seu Senhor. Vivem sem usufruir dos bens da casa do pai (Lc 15.29), estão dentro de casa mas desconhece seu pai (Lc 15.26). Chegar em Canaã é resistir ao inimigo e viver o plano de Deus. Você tem vivido o plano de Deus ou tem negociado com o mundo?


Veja que em Canaã houveram pelo menos sete nações a serem conquistadas uma após outra e, guerras contra trinta e um reis; nessas batalhas conseguiram subjugar 25 mil km² de terras. A posse da terra exigiu sangue, sacrifício e desapego. O que você se dispõe fazer para conquistar as bênçãos espirituais? O interessante que para conquistarmos as coisas terrenas fazemos de tudo: negociamos, economizamos, gastamos tempo, implementamos formações mas quando a questão é o reino colocamos desculpas e limitações. Deus te convida neste instante a analisar sua vida e se colocar a disposição Dele.


O que fez a diferença em toda esta luta para receber de Deus a Canaã? Se em tudo eram inferiores; o número de homens de guerra – pequeno. Os equipamentos para as guerras – pequeno. Eram conquistadores cheios de impossibilidades mas com um diferencial: a presença do todo poderoso (Js 1. 5).

Onde você quer chegar? Você ver uma saída para atravessar o Jordão e chegar em Canaã, não? Então em vez de olhar para o deserto procure uma conversa com Deus, Ele tem a solução. Levante-se! Conquiste! Deus é contigo!

Isaac Moura
Presbítero na Assembleia de Deus em Mojuí dos Campos/Pará/Brasil







19 de maio de 2018

OLIVAL MARQUES É CAPA DA 9ª EDIÇÃO DA REVISTA CRISTAVIP

A revista CRISTÃVIP teve sua primeira edição lançada no dia 10 de novembro de 2015. É uma mídia 100 %evangélica e paraense. Original da cidade de Santarém - PA vem destacando a Igreja Assembleia de Deus em toda a região oeste do Pará. Destaca o Reino de Deus e seus obreiros que militam em prol da obra de Deus. Sua idealizadora, Damaris Dutra, membro da Assembleia de Deus em Santarém - PA. Formada em Direito, escritora, que tem como missão utilizar a revista como meio de divulgar o Evangelho.
A 9ª edição traz na capa principal, o deputado estadual Olival Marques. 36 anos, nascido em Belém, mas atualmente mora em Ananindeua. Teólogo, estudante de direito e cantor na banda Herança de Cristo, criado com princípios cristãos, Filho do pastor Gilberto Marques e pastora Alice Souza, casado com Joyce Marques, pai de Pedro Henrique (15) Laryce Thainá (10) e Gilberto Neto (07).
Na outra Capa, a idealizadora da revista Cristãvip, Damaris Dutra, membro da Assembleia de Deus em Santarém-Pa. Bacharel em Direito, escritora, blogueira, conta como surgiu a revista.
Não deixe de adquirir o seu exemplar e ficar por dentro do que tem acontecido no cenário cristão no Pará.
Não deixe de adquirir mais um exemplar da REVISTA CRISTÃVIP 9 edição.
Que Deus abençoe grandemente os leitores!

11 de maio de 2018

II ENCONTRO DE OBREIROS SUPERVISÃO DE MOJUÍ DOS CAMPOS



Por Isaac Moura
A Supervisão Convencional da COMIEADEPA em Mojuí dos Campos liderada pelo pastor Jeses Dutra realiza em 9 de junho de 2018 o II Encontro de Obreiros das igrejas ligadas à área de Boa Fé, Garrafão, Vista Alegre do Moju, Boa Esperança, Porto Alegre, Cícero Mendes, Poço Branco, Santarém –
Miri, Água Azul e Tiningu. A anfitriã será a Igreja em Santarém-Miri liderada pelo pastor Maaseias Sousa, na região Oeste do Pará, município de Santarém.


Com o tema “Obreiro aprovado para melhor servir a Cristo” baseado na primeira carta de Paulo a Timóteo 2.15 o evento visa o fortalecimento do ministério da igreja local diante dos inúmeros desafios que cerceiam os trabalhos da igreja. Buscando o melhor aprimoramento dos obreiros, principalmente no despertamento dos mesmos ao conhecimento da palavra como ferramenta básica da exposição e expansão do evangelho como missão da igreja.

A programação contará com plenárias durante o dia (Manhã e Tarde) e, com grande culto de encerramento a noite. Conta-se ainda com diversas caravanas originárias das igrejas da base da supervisão. Para isso, convidamos Auxiliares, Diáconos, Presbíteros e Pastores para participarem conosco e, juntos recebermos o alimento espiritual mediante as exposições da palavra de Cristo. Pela manhã a ministração será pelo pastor Josimar Mesquita, Vice-Presidente da Assembleia de Deus em Mojuí dos Campos. A tarde acontecerá um encontro para os casais obreiros na ministração do pastor supervisor e sua esposa, irmã Lucilene Dutra.

À noite, o culto de encerramento contará com a ministração do pastor Gerson Faustino, da Assembleia de Deus em Boa Vista do Cuçari.

Deus tem uma benção para você!

Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade.

2 Timóteo 2:15

Cartaz oficial

16 de abril de 2018

A TERRA PERTENCE AOS HUMILDES DE ESPIRITO


Mensagem para os Grupos Familiares em 18 de abril de 2018.
Texto: Pv 16. 17-19:  17O caminho do justo evita o mal; quem guarda seu caminho preserva sua alma 18A soberba precede a ruína, o espírito arrogante vem antes da queda. 19Melhor é ter espírito humilde entre os oprimidos do que repartir um grande espólio com os arrogantes.
O pecado de orgulho é a força motora de todos os outros pecados. A soberba manobra o coração do homem sem Deus; o orgulho comanda as intenções do mentiroso; a altivez dirige a vida do ladrão. Mas não se engane, atente para o que diz as escrituras, o orgulho leva à destruição, e o espírito arrogante, à ruína. O orgulho é o motivo, a soberba a ação; ou seja, a soberba é o lado prático do orgulho.
1 - A soberba se conceitua pela confiança na própria vontade. O soberbo não confia em Deus. Pv 16.1 Ao homem pertencem os planos do coração; mas a resposta da língua é do Senhor. A soberba induz o ser humano a errar o alvo planejado por Deus. O homem dominado pela soberba fica cego e entende que nada depende de Deus, mas tudo está nas mãos de Deus. Como você ver seus planos de vida hoje, eles dependem mais de Deus ou de você? Como identificar uma atitude soberba?
2 - A Bíblia nos orienta a não temer a soberba humana - Dt 18.22 Quando o profeta falar em nome do Senhor e tal palavra não se cumprir, nem suceder assim, esta é a palavra que o Senhor não falou; com presunção a falou o profeta; não o temerás.  Você já sentiu medo de alguma coisa que alguém falou a seu respeito movido por soberba?

3 - Todo ser humano pode incorrer em soberba, afinal, a natureza humana é pecaminosa – Rm 5.12 Portanto, assim como por um só homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado a morte, assim também a morte passou a todos os homens, porquanto todos pecaram. Você já ouviu falar de alguém que foi destruído por não ouvir conselhos de alguém?
4 - A soberba cria obstáculo para o ser humano alcançar a sabedoria Pv 11.2. Quando vem a soberba, então vem a desonra; mas com os humildes está a sabedoria.  Não alcança a sabedoria porque não permite convencer-se com a vontade alheia. A soberba faz do homem uma oposição a Deus – Sl 78. 18,19. O homem sem honra diante de Deus perde o favoritismo, passa à oposição. Qual vem o resultado daqueles que se opõem a Deus?
5 - A soberba gera o falso sentimento da superioridade. De forma traiçoeira e natural vem sua destruição, sua pena capital -  Pv 17.19 O que ama a contenda ama a transgressão; o que faz alta a sua porta busca a ruína. Aos olhos de Deus não existe nenhum ser humano dotado de quesito incomuns na natureza, todos possuem a mesma condição diante de Deus.

Que o Espírito Santo nos ajude a viver de forma humilde e dependente de Deus para que tudo nos vá bem.

Isaac Moura
Presbítero da Assembleia de Deus em Mojuí dos Campos - Pará - Brasil

CANAÃ, O PLANO DE DEUS PARA HOJE

  Por Isaac Moura Josué, um dos principais personagens do êxodo de Israel do Egito para Canaã, é um nome forte nas escrituras. Se...